Campanha de 12 de junho de 2016

O dia 12 de junho é o dia nacional e internacional de combate ao trabalho infantil.

Neste ano, a campanha alusiva ao dia mundial contra o trabalho infantil, abordará a participação da mão de obra de crianças e adolescentes nas cadeias produtivas. A discussão deste tema é relevante para dar visibilidade às atividades desempenhadas nos mais diversos setores de vários países que ocupam crianças e adolescentes em suas linhas de produção. Principalmente na agricultura e na informalidade, em empreendimentos familiares, em locais onde a fiscalização tem dificuldade de acesso para identificar. Entretanto, em muitas situações, o trabalho infantil em cadeias produtivas está presente na produção de bens e serviços comercializados em escala internacional.

A partir da interpretação dos dados brasileiros foram escolhidas as cadeias produtivas de vestuário, avicultura e construção civil, para ilustrar a campanha deste ano que exemplificam algumas concentrações de mão-de-obra de crianças e adolescentes, ainda que não esgotem as possibilidades. Há especificidades e características regionais que precisam ser consideradas em outros setores que se utilizam de trabalho infantil, como as cadeias produtivas do extrativismo, no norte e do artesanato, no nordeste, dentre outros.

É importante destacar que, os estados, o Distrito Federal e os municípios podem desenvolver suas próprias campanhas com material específico e para os municípios identificados com alta incidência de trabalho infantil, que aderiram ao cofinanciamento da AEPETI em 2014, é possível utilizar este recurso federal para a realização da campanha e confecção das peças.

São diversas as ações que podem ser realizadas para sensibilizar crianças, adolescentes, pais, professores, agentes públicos e a sociedade como um todo. É interessante lançar mão de formas de comunicação social, como mídia impressa, rádio, cartilhas, dentre outros. É possível também realizar eventos alusivos ao tema, manifestos, audiências, oficinas e seminários em escolas, postos de saúde, pontos de cultura, sindicatos, ONGs e outros espaços.

Estamos disponibilizando as peças gráficas para elaboração de material de divulgação no seguinte link: http://www.mds.gov.br/webarquivos/arquivo/assistencia_social/pecasPETI_MDS.zip