Não perca! Segunda-feira, 05/julho, será lançado vídeo sobre acolhimento familiar de crianças e adolescentes no Brasil

Assista ao vídeo no canal da Rede SUAS no youtube:
 link de acesso: https://www.youtube.com/channel/UC8YkP1rpSiNbyO0psEDB4CQ

No vídeo falaremos da importância do Serviço de Acolhimento em Família Acolhedora e serão apresentadas as principais características desse serviço. O vídeo também traz os principais achados científicos sobre os prejuízos da institucionalização ao desenvolvimento infantil, demonstrando a importância de que crianças e adolescentes possam ser acolhidos em ambiente familiar. Ao final, a Dra. Luciana Perez apresenta os principais resultados principais da pesquisa “Fatores que favorecem e dificultam a implementação de serviços de acolhimento em família acolhedora nos municípios brasileiros: perspectiva de gestores e equipes técnicas”, finalizada em 2021.

Participam do vídeo a Secretária Nacional de Assistência Social Yvelônia Barbosa, o Secretário Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente, Maurício Cunha, o Diretor de Proteção Social Especial, Danyel Lima, a Coordenadora-Geral de Serviços de Acolhimento, Juliany Santos, a Dra. Luciana Perez e a assessora Ana Angélica Campelo.

O vídeo é uma iniciativa do Departamento de Proteção Social Especial, por meio da Coordenação Geral de Serviços de Acolhimento, em parceria com a Coordenação de Gestão Descentralizada e Participação Social do Departamento de Gestão do SUAS.

Assista mais vídeos com conteúdos correlatos ao tema:

Esse vídeo apresenta um breve resumo dos achados do estudo conhecido como “O caso dos órfãos da Romênia”, que comprovou que o abandono de crianças causa danos cerebrais e consequências por todo o ciclo vital.

O pediatra e neurocientista Dr. Charles Nelson explica que a privação de estímulos nos primeiros anos de vida, que acontece com frequência nos ambientes institucionais, causa uma série de consequências tais como: QI diminuído, problemas de linguagem sem contar os problemas emocionais e relacionais.

Esse vídeo mostra o depoimento de Márcia e Alberto, que são família acolhedora em 2016.

Nesse vídeo, o Juiz da Vara da Infância e Juventude de Uberlândia/MG, Dr. José Roberto Poiani, fala de sua convicção sobre as vantagens da modalidade de acolhimento familiar em relação ao acolhimento institucional, deixando claro que  nenhum sistema é perfeito, mas que, quando comparado, o ambiente natural de convivência que uma família acolhedora proporciona às crianças/adolescentes oferece a eles a oportunidade de vivenciar situações da vida comunitária e  uma rotina familiar que vai lhe preparar melhor para voltar para sua família de origem ou adaptar-se a uma família substituta nos casos em que irá para adoção.

Esse vídeo reproduz palestra do pediatra e neurocientista Dr. Charles Nelson no III Congresso Internacional de Acolhimento Familiar, realizado em Curitiba/PR de 13 a 15 de Agosto de 2019, onde fala sobre OS EFEITOS DA CRIAÇÃO EM INSTITUIÇÕES VERSUS A CRIAÇÃO EM ACOLHIMENTO FAMILIAR PARA O DESENVOLVIMENTO CEREBRAL E BIOLÓGICO.

Nesse vídeo, Neusa Cerutti fala sobre um dos pontos que mais causam estranhamento e medo nas pessoas, quando o assunto é acolhimento familiar: APEGO E VÍNCULO AFETIVO.

Nesse vídeo, Jane Valente, Doutora em Serviço Social apresenta algumas questões importantes referentes ao acolhimento familiar, ressaltando que viver em comunidade, viver em família, não pode ser reproduzido em uma instituição.

Os comentários estão encerrados.

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support
//]]>